A Certifee Contato

Certifee News

23/02/2020 | Indústria de Alimentos

Certificação para Alimentação Animal: GMP+

Em 12 de fevereiro a Certifee esteve presente no evento “GMP+ International FSA: Bringing Brazil to International Perspective of Feed (and food) Safety”, realizado em São Paulo. Vem saber um pouco sobre o que foi apresentado e discutido neste dia.
Por
Lígia Tereza de Moraes Uehbe
Consultora na Certifee
Certificação para Alimentação Animal: GMP+

Com mais de 20.000 organizações certificadas, o GMP+ Feed Safety Assurance (GMP+ FSA) é o maior esquema de certificação para alimentação animal mundialmente, atendendo aos escopos de comércio, armazenamento e transbordo, transporte, processamento e produção de ingredientes e produção de premixes e compostos.

GMP se refere às Boas Práticas de Fabricação (Good Manufacturing Practices) enquanto o + se refere à integração com os requisitos de APPCC – Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle.

Foram apresentadas as novidades para 2020, que incluem um módulo de e-learning sobre o APPCC, com lançamento previsto para Março e também um exame digital remoto para a qualificação de auditores, com previsão para Junho.

Nosso país atualmente é o maior exportador de produtos para alimentação animal como derivados de soja, polpas cítricas, carne (beef), milho e aves, e no Brasil existem 244 organizações certificadas.

Desafios e oportunidades como os temas biossegurança, meio ambiente e sustentabilidade e segurança de alimentos foram relacionados com a segurança da alimentação animal, demonstrando os impactos que a alimentação animal pode trazer à produção de alimentos para humanos, que são de extrema importância e preocupação, incluindo micotoxinas, metais pesados, dioxinas, pesticidas, dentre outros resíduos. Os perigos potenciais podem ser introduzidos pelas matérias primas, pela água, através de carry over ou contaminação cruzada de produtos durante manuseio, armazenamento ou transporte.

Alguns dos maiores desafios na cadeia feed no Brasil são a falta de investimento em infraestrutura, o controle de pragas nas instalações, condições de armazenamento e limpeza, controle de matérias primas orgânicas – incluindo corresponsabilidade, avaliação de fornecedores e controle de pesticidas, além do transporte terrestre e da estrutura portuária.

Para a cultura de segurança de alimentos, o GMP+ considera os pilares preventivos: Boas Práticas de Fabricação (GMP/ PRP) + Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC) + Requisitos de gestão da ISO + Abordagem de Cadeia, controlando riscos em todos os níveis de fornecimento e os pilares corretivos: Gerenciamento de questões de segurança de alimentos (feed) + Sistema de Alerta.

A visão do GMP+ International diz que todos no mundo devem ter acesso à alimentação segura e, para isso, todos na cadeia produtiva de alimentos, incluindo a alimentação animal, devem estar comprometidos com a segurança dos produtos.

 

Para maiores informações sobre o esquema de certificação, acesse: https://www.gmpplus.org/en.

 

E para saber mais sobre os temas e as novidades abordados no evento, ou mesmo solicitar uma proposta para consultoria e/ ou treinamento, nos contate pelo e-mail [email protected].

Leia Mais